Jaqueline Winter - Ardentes Pedaços de Mim

Todos os Direitos Reservados. * Espaço de arte, poesia, eventos, notícias, Eu, Você, Nós! Contato E mail: jaquewinter@hotmail.com

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Cida Moraes no programa da Sonia Abrão lê a poesia de Jaqueline Winter

Incondicional
(eu tento)

Velei tanto por você que esqueci de mim.
Fui tão presente em você que me ausentei de mim.
Fui tão já pra você e depois pra mim.
Quando considerei você sagrado me deixei profanar.
Somei tanto meu amor que não percebi sua subtração.
Fui tão letícia e agora sou tristeza.
Te amparei tanto que acabei me abandonando.
Em você: fui desnuda, vivaz, inteira, decidida, ardente, fecunda.
Mulher, fui eu.
Mas eu só não fui refreada, me desenfreei tanto, me abri tanto, fui tão desprovida de cuidados no meu amor sincero que te assustei.
Olha, posso mudar tudo em mim, mas minha espontaneidade sinto muito sem ela eu não existo.
Esse amor nunca me fez mal pelo simples fato de ser um amor incondicional.

Poesia do livro "Ardentes Pedaços de Mim"
de Jaqueline Winter

http://www.youtube.com/watch?v=0CSGOox2_9I&feature=player_embedded

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Sua história pode virar um curta - Seleção para: "TABUS, DESEJOS E FANTASIAS"

Cida Moraes e Jaqueline Winter estão selecionando sua história para a produção do curta "TABUS, DESEJOS E FANTASIAS". Os interessados podem enviar através do e mail: jaquewinter@hotmail.com. As histórias selecionadas serão vividas no curta e você também poderá atuar.
Não deixe de nos revelar seus tabus, seus desejos e suas fantasias. Bjs e até breve Jaque e Cida

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Onde adquirir o livro "Ardentes Pedaços de Mim"

Olá pessoal, muita gente me escreveu depois que a amiga Cida Moraes leu minha poesia "Incondicional" no programa "A tarde é sua" da Sonia Abrão na Rede TV dia 14 de outubro.
Vocês podem comprar comigo o livro "Ardentes Pedaços de Mim" através do meu mail jaquewinter@hotmail.com que já envio autografado, ou em qualquer livraria Saraiva, ou ainda no site da Litteris Editora.
Bjs e muito feliz pelos carinhos e elogios. Jaque

domingo, 29 de agosto de 2010

Chegamos da Bienal de São Paulo e agora na nossa deliciosa cidade do Rio o esperado lançamento do livro: "ARDENTES PEDAÇOS DE MIM"

Venha curtir com a gente uma agradável noite com poesias, performance, coquetel, gente amiga, bonita e alto astral...
Jaqueline Winter, Litteris Editora e Livraria Saraiva convidam você para o coquetel de lançamento do livro "ARDENTES PEDAÇOS DE MIM".
DIA:04 de outubro (segunda-feira)
HORÁRIO: das 19h às 22h
LOCAL: Na Saraiva MegaStore no Shopping Rio Sul.
Av. Lauro Muller, 116 – 3 piso - Botafogo
Espero você lá para me confidenciar, me abrir, me rasgar, me entregar...
O importante é compartilhar as palavras, gestos, falas ditas e não ditas, expressões, sensações e até os segredos.
JW
Somente no dia do lançamento quem estiver presente e adquirir o livro, ganha o perfume Ardentes Pedaços de Mim, a mais nova fragrancia do Núcleo Perfumado.
Livro: R$19,00

sábado, 14 de agosto de 2010

“Aconteceu Comigo” - Uma comédia de: Jaqueline Winter


“Aconteceu Comigo”
Uma comédia de: Jaqueline Winter
Com Jaqueline Winter e Vivi Rocha
Direção: Bemvindo Sequeira

Sobre a peça

“Aconteceu comigo!” É uma deliciosa comédia sobre o reencontro de duas amigas, num consultório ginecológico, depois de anos que não se vêem.
A partir desse reencontro, lembram as divertidas histórias que viveram, falam de suas vidas, dos encontros e desencontros amorosos, narram suas aventuras sexuais, cada uma buscando reafirmar a sua sexualidade através das experiências relatadas. Tudo isso acontece na sala de espera do consultório.
Quando os assuntos amenos se esgotam, a amistosidade e alegria do reencontro cedem espaço para a tensão e para a animosidade, os ânimos se alteram, e ali mesmo, as amigas resolvem fazer um inusitado acerto de contas.
Apreciação do Diretor Bemvindo Sequeira sobre a peça

“Aconteceu Comigo”

Estava eu posto em minha casa, à beira do meu turbinado pc quando chega um e-mail pedindo que lesse e apreciasse o texto de Jaqueline Winter.

Pensei comigo: mais uma neófita na arte da dramaturgia, mais um texto pra ocupar o esparso espaço de tempo que tenho entre um e outro afazer.

Mas que surpresa agradável ao perceber que o texto fluía fácil que a Jaqueline dominava a arte do diálogo, e do ritmo do diálogo tão necessário na arte teatral.

Achei um pouco hard o texto, quando da leitura solitária na tela do computador. Mas quando nos reunimos com atrizes profissionais, na minha casa e fizemos a leitura oral, a peça ganhou vida, leveza, graça e comédia.

Aceitei de pronto dirigir a montagem e me ocupar deste projeto. Vai ser a oportunidade de todos ganharmos no aprendizado teatral: as jovens atrizes, a jovem autora, este veterano ator e diretor e o público, este eterno enamorado.

Enamorei-me do texto, da autoria e da obra.

E como todo enamorado posso confessar aos amigos, gritando para que o mundo ouça: ACONTECEU COMIGO!!!

                                                             BEMVINDO SEQUEIRA       

O Livro "Ardentes Pedaços de Mim", de Jaqueline Winter foi lançado na Bienal do Livro de São Paulo

                                    Poesia, Literaura e Arte são os caminhos de Jaqueline Winter!                 

 A escritora, poeta e atriz Jaqueline Winter, tem seu livro lançado na 21ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo.
 

ARDENTES PEDAÇOS DE MIM foi lançado hoje, no dia 14 de agosto (sábado) de 17h30 às 19h.
O evento acontece do dia 12 a 22 de agosto, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, localizado na Av. Olavo Fontoura, 1.209, em Santana, São Paulo. A Litteris Editora estará localizada dentro do pavilhão na rua K nº 53.
Convite da Litteris Editora e Quártica Premium


Visite a Bienal e se encontre com o universo literário.

Serviço:
O ingresso, custa R$ 10,00 inteira e R$ 5,00 meia para estudantes e maiores de 65 anos com comprovação. Menos de 12 anos não pagam ingresso. Estacionamento para carro – R$ 25,00 e moto R$ 15,00 entrada pelo portão 38. Informações sobre voos (aeroportos) e terrestres (rodoviária), hotéis, translados e alimentação veja o site da Bienal ou sites especializados.

Transporte Gratuito para o Pavilhão de Exposições do Anhembi:

Utilize na estação Tietê do Metrô (Linha Norte-Sul), Terminal Rodoviário, ônibus circular com ida e volta ao Pavilhão de Exposições do Anhembi, funcionando das 9h às 23h. Os ônibus estarão na saída da Estação-Shopping.

Vá de Metrô
Metrô até a estação Sé, troque para a linha norte-sul, metrô sentido Tucuruvi, desça na estação Tietê.

Trajeto Aeroporto - Pavilhão de Exposições do Anhembi
Aeroporto de Congonhas

De táxi especial - aproximadamente R$ 60,00 até o Parque Anhembi.
De táxi comum - aproximadamente R$ 45,00 até o Parque Anhembi.

De ônibus - pegar o ônibus executivo na avenida Washington Luiz ao
lado da passarela para o Terminal Rodoviário do Tiête.
Aeroporto de Cumbica - Guarulhos
De táxi - aproximadamente R$ 90,00 até o Parque Anhembi.
De ônibus - a cada 45 minutos para o Terminal Rodoviário do Tietê.


Brasil, 14 de agosto de 2010

Os Grupos Artforum Brasil Unifuturo parabenizam a escritora
Jaqueline Winter, por mais uma vitória literária e artística .

domingo, 8 de agosto de 2010

A MULHER DO VESTIDO DE LENÇOS

Vi um lindo vestido de lenços.
Lenços elegantes, simples, mas todos de cores neutras. A neutralidade dos lenços me levou a várias perguntas a essa dona do vestido de lenços...
Ei moça quantas lágrimas, suores e risadas foram enxugadas por esses lenços?
Quantos lenços foram usados por você, dona do vestido de lenços?
Por que fez um vestido de lenços?
E por vários dias continuei a pensar na dona do vestido de lenços.
Lenço que resguarda o pescoço, que reveste a cintura, que afina o choro, que refina o rosto. Que embeleza os cabelos.
Será que a dona do vestido de lenços os usou para secar as lágrimas de tanto rir?
Ou nunca usou sequer um lenço de todos esses de seu vestido?
Não conheci a dona do vestido de lenços, mas ela me fez pensar o por que tecer um vestido todo de lenços?
E se por acaso ler isso, dona do vestido de lenços, me diga o por que de tantos lenços para te cobrir... Não quero saber por curiosidade, mas para conhecer uma mulher que sai a rua vestida de sua história.
A história da MULHER DO VESTIDO DE LENÇOS!

segunda-feira, 21 de junho de 2010

AGENDA PARCIAL. FIQUE POR DENTRO...

"Dirigir se aos homens" com o ator Wilmar Amaral. Estamos no circuito SESC. Quem ainda não viu, não perca!!!

Em agosto (de 12 a 22) estarei na 21ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo - 2010 com meu livro: "Ardentes Pedaços de Mim".

No dia 04 de outubro lançamento do livro: "Ardentes Pedaços de Mim" no RJ na Saraiva do Shopping Rio Sul e em novembro é a vez de Belo Horizonte.

Em breve no Rio de Janeiro as peças:

"Aconteceu Comigo" com direção de Bemvindo Sequeira
Elenco: Jaqueline Winter e Vivi Rocha;
Trilha sonora: Luciano Bahia
Fotos de divulgação: Danny Bull

"Ardentes Pedaços de Mim" com direção de Rogério Fróes
Elenco: Carla Pompilio, Cida Moraes, Núbia Pimentel e Poliana Helena;
Preparação corporal:Jandir Di Angelis
Preparação vocal: Patrícia Vic
Fotos de divulgação: Vivi Rocha

Ambas com textos: Jaqueline Winter
Cenário: Mário Pereira
Figurinos: Adriana Barbosa e Vivi Rocha
Ligth designer: Cesar Pivetti
Assessoria de imprensa: Maria Fernanda Gurgel

Capaz

Esparramado como casco de égua velha, vou contar o que vivi.
Conheci uma gaúcha que é faca na bota, amiga, fiel e
que quase me matou de rir.
Porta, Parede,
Porta, Parede,
Porta, parede e porta.
E eu tentava entender o que havia de mistério.
Na verdade ela descrevia o corredor de um prédio.
Depois estreitamos a amizade.
Dia ou noite, manhã ou tarde a gente conversava coisas com muita verdade. Bah capaz, deu pra ti, um chimarrão no sentido horário
mas na roda disse obrigada, ninguém mais me serviu
achando que estava saciada.
E eu fui saber quem é Daddy Yankee e mais um monte de surpresas,
um cãozinho com nome de cerveja e muitas delicadezas.
Termino aqui meu relato, dizendo pra você que
nunca deixe de conhecer essa gaúcha gente boa de fato.
Capaz que deixarei de dizer seu apelido que é doce, forte e divertido.
Não é um apelido qualquer, pequeno, médio ou anão.
Tchê, estou falando da Anjão.

Amigos de alma

O acaso nem sempre é o acaso.
Mas caso você acredite em acaso, eu quero te contar
um caso feliz do acaso...
Eu me reconstruía como um grande prédio que fora,
sem aviso, demolido;
Juntava pedaços que nem sabia se encaixavam, mas tentava;
longos meses de tristeza com a carne tremula de dor;
a lágrima sangrava na sua cor, o espaço de dentro não me cabia,
o de fora nem existia; um vazio sem fim e eu implodia.
Caminhava a passos tortos e turvos, nebulosos
e indagados de perguntas sem respostas e dores sem remédios.
Mas com uma sede de me recuperar...
Senti uma alegria na alma, sorri para eles e ficamos ali.
Começamos um assunto que nem me lembro,
mas nunca me esqueço do dia.
A gente continuou a se ver, a conversar, a estreitar,
a soltar balões, viajar nos sonhos, inventar personagens,
coreografias, nos divertimos com nada, mas o nada também
tem diversão pra gente.
A gente se belisca, indaga, brinca com plástico bolha,
ri e gasta fita adesiva, muitas fitas rsrsrsrsrsrs...
Somos sócios... amor a gente doa; as risadas e
as muitas gargalhadas, daquelas de doer o maxilar e a barriga,
de perder o fôlego, a gente nunca economiza;
come pastel no Adão, sem motivo aparente de comemoração.
A gente tem sintonia, cumplicidade, choros, alegrias e diversidade.
Mas se o assunto é sério, segredos a gente guarda.
Amigo de alma puxa a orelha, dá dura, tem cópia de sua chave,
acesso ao seu computador, fala na cara
tudo que precisa, mesmo pedindo desculpas se esta pegando pesado.
E também ri na sua cara. Toma banho de chuva na praça.
Ah! nos somos coloridos.
Playmobil, Smurfete e Comandos em ação: esses são nossos apelidos.
Meus amigos de alma são grandes arquitetos que ajudaram a me reconstruir.
Meus amigos de alma são dois que vejo em um...
e em um grande encontro de nossas almas.

terça-feira, 1 de junho de 2010

Segredos

A arte é oculta, abissal.
Pra quem a conhece, é segredo indefinido,
é infinita e às vezes marginal.
Com a arte eu tento, invento, desoriento...
Me perco em seus cantos, segredos, prazeres, dores, alento.
Me alimento em seu colo, me amparo em seus braços,
me desfaço e refaço a cada noite, a cada cena.
Me dispo e me multiplico por mil,
desprovido de couraças, enfeites, máscaras.
O que pode na arte?
Tudo, tudo o que é arte.
É o criar, o expandir, o dividir...
É ser sereno, carrasco, amado e odiado.
É perder o fio da meada, e lá na frente, quem sabe...
Encontrá-lo!
É amar... amar... amar...
É ser desapegado, engraçado, espontâneo e inebriado,
é enamorar a cada personagem, a cada texto.
É se apaixonar por tudo como um grande pretexto...

sábado, 1 de maio de 2010

Página da Charlotte: Amigos são assim...

Uma história em quadrinhos...

Eu dormia tranquila e sonhava.... quando....
   
Depois de um dia inteiro de muitas brincadeiras, onde recebi a Chica e o Foster aqui em casa. Sim aqui mesmo, minha mãe é show e adora quando meus aumigos vem pra cá. E cá entre nós, eu acho que ela se diverte mais que a gente. Auauauauauauaa. Então fui tirar uma soneca, e amigo é assim, quando você menos espera eles aprontam uma...

Foster: Chica tive uma idéia. Vamos pegar a Charlotte?

Chica: Vamos... o que você esta pensando?

Foster: será que ela vai ficar brava com a gente?
Chica: auauauauauua acho que não, mas se ficar vou rir muito auauauauuaau.
Foster: deixa comigo auauauauaau...

Foster: au au Charlotte... acorda. Charlooooootteeeeeeeee.

Charlotte: hã... hummmm... que foi Foster? Me deixa dormir.
Ai tô exausta, ai ai ai vou pro meu traveseiro.



Foster: Chortinha acorda. É que eu e a Chica precisamos de sua ajuda.
Uma ajuda a altura entendeu?

Charlotte: como assim a altura Foster?


Foster: A Chica tentou mais num deu altura. Esta rolando um bafão lá na rua. Vários cães discutindo, os síndicos saíram pra resolver isso, os donos, uma loucura. E a gente não dá altura na janela pra ver, vá lá vai e conta pra gente.


Charlotte: Eu num tô acreditando que vocês são curiosos assim. Tá bem, eu vou. Olha meninos eu num vejo nada, só carros e gente passado na maior calma. Nada de briga, nem barulho.


O Foster, o Chica tem certeza?

Chica: Heinnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnn ?


Foster: Vem cá Charlotte, pula aqui no sofá. Olha na verdade verdadeira mesmo, a gente quis fazer uma pegadinha pra você acordar com essa carinha amassada e eu e a Chica zoar com você.
Charlotte: Chica fala sério, vocês fizeram isso?

Foster: aauauauauaua aaaaaauauauauauauauauau...
Charlotte: você esta rindo de que Foster?
Foster: de você Charlotte auauuauauauauuaua, né Chica?


Charlote: rrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr.
A seu danadinho, vem cá agora que você vai ver uma coisa.


Foster: Chicaaaaaa socorro...........

Esse foi o primeiro capítulo das histórias e aventuras de
Charlotte Winter...

Até nosso próximo encontro, queridos amigos e aumigos!
Beijos e lambidas da Charlotte!

"Pontos em poética".

PONTOS
Por Jaque Winter


                        .............................
............................        ..............................      ....................    ..................
O ponto que respira, que admira, que comove, que enaltece e tece a vida.
Os pontos contam os contos, os casos, os acasos, as notícias.
O ponto que põe fim e que sem ele, não tem fim.
O ponto dito, subentendido, o ponto não nascido que foi abortado com
o sofrido.

Calado com a submissão,
revelado na oração,
ponto e contra ponto.
Ponto limite,
Ponto no dedão,
Ponto interno,
ponto de adesão.


Ponto descoberto no encontro colorido,
Ponto do seu sorriso que alegra o que está escrito.
Pontilhado, ponto partido, ponto investigado, ponto de partida
E louvo a todos que sabem de verdade pontilhar a vida.
Não sou simpática a nenhum pontilheiro, livre o touro do pontilho.
Mas há alguns pontífices ainda dou um leve sorriso.

Pontos turísticos,
Pontos que o Detran nos põem.
Pontos de umbanda,
Pontos de alagamento,
Pontos em nossa dieta,
Pontos da nossa lotérica,
Pontos de acupuntura, pontos vitais.
Pontos ligados no desenho,
Pontos positivos e negativos de cada um, de cada pólo.
Pontos da garota de programa,
Pontos no diagrama,
Pontos que estreitam uma relação,
Pontos de verdadeira união.


Os Pontos de encontro me deixam feliz,
do desencontro, me magoam.
Pontos de feridas marcam e
de soma excitam.
Os pontos no tecido, fazem o belo
Os pontos subtraídos, desmotivam.
Pontos de interrogação, adoraria sua resposta
Pontos de exclamação, belos, lindos...
Pontos na pintura, somam pro artista
Pontos na luz, insetos na lâmpada
Pontos de luz, caminho a seguir
Pontos sem nó, pule e seja feliz.

Ah! e o ponto cardeal...

Ponto! que palavra gostosa de ser dita.
Pontos, pontos e pontos...
Quantos pontos somam uma vida?

Brasil, 02 de maio de 2010
Jaqueline Winter - Ardentes Pedaçoes de Mim*

sábado, 17 de abril de 2010

A liberdade beija a justiça, crônica contemporânea de Jaqueline Winter

Já dizia Rita Lee na voz de Elis. Elis, a linda Regina. ¨O ser humano tá na maior fissura por que...¨ porque a Alvorada voraz de Paulo Ricardo, a Poema de Ney, engoliu, consolou e embaralhou tudo.

Mas nessa louca batida musical eu misturei e bebi. Bebi o mais gostoso das notas e acordes. Me embriaguei e sai tropeçando na Lapa, vim pela Glória e deitei na praia de Copa. Me deliciei com o frescor da brisa, sem preconceito de qualquer opção e lugar. Cada um na sua mes-mo. Aí me deparo com uma amiga que me diz coisas lindas, me envia fotos deslumbrantes, conotativas, denotativas, singulares e plurais...

Vem a outra amiga loucamente divertida e encantadora e diz que: ¨hoje estou fazendo a Elke¨, sem trocadilhos... isso é uma ma-ra-vi-lha. E ainda, que se ela encontrar a Sabrina Sato na rua, quando estiver de TPM, que irá desfigurá-la, pois cara, como pode ter um corpo tão lindo assim... rsrsrsrsrs. Pensei que bom, o mundo tem habitantes assim, como essas amigas, como minha família, como as mentes livres de julgamentos e pré conceitos.


E como se não bastasse recebo de outra amiga essa foto. Pronto é isso gente, deixe que a LIBERDADE beije a JUSTIÇA, não se preocupe, não se angustie tudo isso passará. Então siga em frente. O importante é que o hoje, só existe agora. Vá.

Jaqueline Winter,
crônicas contemporâneas.

Tremi ( Remix), letra de Jaqueline Winter

Tremi(Remix)
Letra: Jaqueline Winter / Música e Arranjos: Tiago Vaz




*Meu canal no YouTube:
http://www.youtube.com/user/JaqueWinter.


*Um presente que ganhei de Lady Angel Blue:

Perguntas sem respostas, respostas não perguntadas...

Somos personagens de uma ficção, uma ficção real que atormenta, que dá prazer, que esconde nossos segredos mais ocultos, que revela nosso ser.
Somos personagens de nossa própria vida, uma vida inusitada, sem controle, por mais que tentamos controlar.
Temos interesses reais, interesses de sobrevivência, interesses de sentir prazer, mesmo que nem só o prazer me vença.
Somos dignos de nossa responsabilidade, maltratamos nosso amor, amamos nosso amor.
Fidelidade, lealdade, quem são essas palavras tão próximas que são julgadas iguais?
Perguntas sem respostas, respostas não perguntadas...
Desafios itinerantes, amantes, amantes constantes.
Viagens submersas, viagens deliciosas, viagens proibidas, camas ignoradas, camas adormecidas,camas evidenciadas, camas decorativas.
E assim seguimos. Escolhendo SER uma ficção ou SER real.

Esse tal desse Osho

Cometer erros não é errado - Cometa todos os erros de que for capaz. É desse jeito que você aprenderá mais. Só não cometa o mesmo erro mais de uma vez; isso faz de vc um tolo.

Esqueça esta história de querer entender tudo.
Em vez disso viva! Em vez disso, divirta-se! Não analise, celebre!

Você precisa de poder para fazer algo nocivo. Do contrario, o amor é suficiente, a compaixão é suficiente.

terça-feira, 13 de abril de 2010

Reiki, suas origens e lendas


Origens do Reiki - As verdadeiras e as lendárias

Foi Mikao Usui, nascido a 15 de Agosto de 1865 na aldeia japonesa de Taniai, quem “recebeu” e depois estruturou o Reiki como sistema de cura.

Quando jovem, Usui estudou kiko, a versão japonesa do Qi Gong. Desde essa época começou a interrogar-se sobre se não existiria um sistema que permitisse curar sem requerer um acumular de energia internamente, respiração e posições especiais destinadas a activar a mesma e, sobretudo, sem pagar por isso com uma exaustão esmagadora. Como sabemos, só veio a obter do céu tal resposta bem mais tarde na sua vida…

Já adulto, conheceu outros países do Oriente e viajou até ao Ocidente, nomeadamente até à Europa. Imbuído de grande sede de conhecimento, estudou os mais variados assuntos, entre os quais medicina e as mais variadas matérias ligadas e facilitando o desenvolvimento espiritual, chegando a fazer parte de um grupo metafísico (Rei jyutu Ka) em que foi aceite por possuir capacidades psíquicas já então bastante acuradas.


 
Tão completa educação moldou-o para o sucesso profissional. Fez carreira na Administração Pública, primeiro como Secretário de Shinpei Goto, depois dirigindo o Departamento de Saúde e Segurança Social. O coroar deste percurso foi a presidência da Câmara de Tóquio. Ao longo desta carreira, foi conhecendo pessoas influentes que mais tarde lhe deram a mão quando decidiu enveredar pela área dos negócios. Infelizmente, em 1914, esta sua actividade atravessou uma fase desastrosa, levando-o a uma crise que acabou por o fazer optar por se tornar monge budista.

Em Março de 1922, voltou ao monte Kurama onde aprendera Kiko e começou então um retiro de 21 dias, pontuado por jejum, cantos, prece e meditação e, nomeadamente, por uma meditação destinada a purificar e abrir o chakra da coroa e que consistia em ficar de pé sob uma pequena cascata artificial. Perto do fim deste retiro recebeu então o Reiki numa intensa experiência de iluminação (satori): a energia penetrou e envolveu todo o seu ser como uma iniciação, expandindo amplamente a sua consciência. Compreendeu de imediato que acabava de receber o que esperara receber durante toda a vida - o poder de curar os outros sem sofrer física ou mentalmente por isso.
 
Usui começou por usar o Reiki em auto-tratamento, passando depois a tratar os membros da sua família mais próxima. Em Abril, mudou-se para Tóquio onde fundou uma associação a que chamou “Usui Reiki Ryoho Gakkai” que significa “Associação de Cura Reiki Usui”, e que ainda hoje existe como uma clínica. 
 
Simultaneamente começou a ensinar Reiki, dividindo essa formação em seis graus, considerando o primeiro como sexto grau e assim sucessivamente. Os primeiros quatro chamavam-se Shoden ou nível de iniciação (que Takata comprimiu no nível I que ensinava); o quinto chamava-se Okuden ou ensino interior e dividia-se, por sua vez, em Okuden Zenki (1ª metade) e Okuden Koko (2ª metade). O mestrado chamava-se Shinpiden, ou seja, Ensino do Mistério. Sublinhe-se que Usui não usava o título de Mestre e que esta apelação foi escolhida por Takata ao ensinar este nível nos anos 70.

Esta designação induzia e ainda induz em erro quem a escuta no mundo ocidental pois tem subentendida a noção de “iluminação” que é literalmente errada já que, ao contrário de Usui que é caso único, os que vieram depois dele a ensinar Reiki receberam essa capacidade de outro dito “mestre” e não directamente da Fonte. Em português, e nas outras línguas latinas, no entanto, a designação não é tão susceptível de induzir em erro já que não remete correntemente para a noção de alguém dotado de uma espiritualidade superior, pois significa, em muitas outras áreas, apenas professor, como nas artes plásticas, ou então, ainda menos ambiciosamente, significa tão só artífice ou marinheiro.

 
Mikao Usui passou pela sua grande prova de fogo, em 1923, aquando de um dos mais devastadores tremores de terra que jamais atingiram o Japão. Ele e os seus discípulos tiveram então a infortunada ocasião de tratar com Reiki milhares de pessoas, traumatizadas quer física quer psiquicamente. Para se ter uma noção da destruição, basta dizer que as vítimas mortais do referido terramoto ascenderam a 140 000.
 

Em 1925, Usui abriu uma clínica maior e começou a viajar por todo o Japão para transmitir o Reiki ao maior número dos seus conterrâneos. Afirma-se que ensinou mais de 2000 pessoas e formou dezasseis Mestres. A generosa preocupação dele era levar o Reiki ao maior número de pessoas e espalhá-lo em seguida por todo o planeta. Nem se poderia imaginar que um ser assim iluminado pudesse defender que tão grande benção devesse restringir-se a certos eleitos… Ele sabia que se muitos o praticassem o mundo acabaria por ser bem melhor. O governo japonês acabou por o agraciar com a medalha Kun San To destinada a distinguir os que mais meritoriamente põem a sua vida ao serviço dos outros.

Mikao Usui morreu de um ataque de coração fulminante, a 9 de Março de 1926. Junto do seu túmulo, no Templo Sahoji, em Tóquio, encontra-se um imponente memorial cuja longa inscrição relata a sua vida e o seu trabalho com o Reiki e que foi erigido por J. Ushida que se tornou Presidente da Usui Reiki Ryoho Gakkai após a morte do seu fundador. Esta Associação tem hoje como Presidente Masayoshi Kondo, o sétimo desde Usui.

Os ocidentais podem constatar surpreendidos que Hayashi não se encontra entre estes sete. Com efeito, Chujiro Hayashi afastou-se da Associação aquando da morte de Usui, vindo a criar a sua própria Associação. No decurso da sua actividade com Reiki desenvolveu técnicas e posições de tratamento muito próprias a que, mais uma vez, teremos acesso graças a um livro de Frank Arjava Petter cuja publicação em inglês ocorreu na Primavera de 2003. Curiosamente, para quem conhece a saga do Reiki no Ocidente, sabemos hoje que, tal como Usui, também ele jamais pretendeu ser ou intitular-se Grão-Mestre.

Fonte: Rogéria Cruz

Terapia Reiki

O Reiki é um sistema de cura pelo toque das mãos, de incomparável simplicidade e eficácia. A técnica consiste em energização de pontos chave de nosso corpo (chacras) utilizando uma energia cósmica chamada Reiki, de origem japonesa que é resultado da união dos fonemas REI e KI.

REI significa a força cósmica, a energia universal, a essência energética cósmica que a tudo interpenetra. KI é a energia da força vital, sem o KI não ha vida.


Nos seres humanos a energia circula de forma livre pelos caminhos sutis: Chacras, Meridianos e Nadis. Também percorre o campo energético, nossa Aura. Essa energia alimenta órgãos e células, regulando ainda as funções vitais. Se há bloqueios na livre circulação energética, prejudicando o transito, advém o desequilíbrio e a conseqüência no corpo Físico. Esses bloqueios, ocorrem muitas vezes por excessos cometidos de naturezas diversas quando o corpo libera energias que produzem barreiras impedindo o fluxo de energia vital, atuando no corpo físico e criando a “doença”.


O REIKI se utiliza desta energia cósmica e distribui cura ao passar pelo bloqueio do campo energético, elevando o nível vibracional em todos os nossos corpos, dissolvendo barreiras formadas por nódulos originados em pensamentos e sentimentos prejudiciais, aumentando infinitamente a qualidade da vida.


A Cura pelo toque é tão antiga quanto a história do homem. Essa nos mostra a prática do REIKI por Jesus, Buda e outros Avatares; Já na Bíblia sagrada uma técnica semelhante ao Reiki era ensinada (veja Tiago 5); na época era mandado que se fossem impostas as mãos sobre um determinado indivíduo e magnetizasse sua cura. Muitas outras semelhanças também são encontradas em diversas filosofias religiosas.


É importante dizer que o Reiki é uma Terapia reconhecida pela OMS (Organização Mundial de Saúde) e que sua aplicação é simplesmente a energização de pontos energéticos em nosso corpo através das mãos do Terapeuta, tratando diversas moléstias como uma simples TPM, Dor de Cabeça e até o Câncer ou ainda previnindo Angustia, Estresse e outros.


Em uma sessão de Reiki, que leva inicialmente 35 minutos, o cliente permanece deitado enquanto o terapeuta ao som de mantras e meditações, impõe suas mãos nos pontos determinantes, os resultados são ótimos e muitas vezes são sentidos na primeira sessão.


Existem diversas técnicas de utilização da energia Reiki; O Tradicional, Karuna KI, Seichim, Tera Mai, Lightarian, Angel Link e tanto a aplicação como o aprendizado podem ser feitos a distância.


Tratamento Reiki a Distância


Cura a distância significa fazer contato com uma pessoa que não está na sua presença física. A distância não é importante, pois tempo e espaço não existem na realidade espiritual. A realidade espiritual corresponde à união da trindade mística e à ausência de dualidade, Não existem regras rígidas regendo a sua aplicação. A maioria das pessoas começa a usar a técnica da cura a distância'imediatamente. Você poderá enviar energia a distancia enquanto se sentir confortável agindo assim.

A cura a distancia é de grande utilidade quando o contato direto pode ser doloroso, quando ha risco de contágio para o REIKIANO ou de infecção para o receptor; também nos animais quando estão violentos, ou o acesso seja muito difícil.


Na cura a distancia deve o REIKIANO sempre manter sua atenção e consciência na aplicação, observando o que ocorre. Isso é necessário porque na aplicação forma-se um Elo de ligação com a pessoa a quem se da a cura. Ocorre uma conexão com todos os níveis energéticos, irradiando-se a energia do 7º ao 1º nível.


É recomendável, que sempre que possível, seja combinada a hora mais adequada para a energização, pois algumas pessoas costumam ficar sonolentas e até dormirem, perderem reflexos e coordenação motora, sentirem calor, calafrios e pressão na cabeça, isso momentaneamente.


No REIKI existem diversos métodos de cura a distancia, como por exemplo a TÉCNICA DA REDUÇÃO, TÉCNICA DO SUBSTITUTO, TÉCNICA DA FOTO e a TÉCNICA DO JOELHO todas estas utilizadas com resultados impressionantes em todo o mundo.


Estudos e pesquisas, por Jaqueline Winter

Rio de Janeiro,  13 de abril de 2010

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Galeria de Arte - Artes Plásticas, Cênicas, Fotografia, Teatro e Cinema

Editorial "Ardentes Pedaços de Mim"

Jaqueline Winter, 12/ 04/2010
Como Diretora da SENSIBILIZARTE - Produções Artísticas, tenho como foco divulgar minha arte, poesia e projetos, compartilhar este espaço com amigos, divulgar roteiros culturais, artísticos e turísticos do Rio e de outras cidades.

Em breve sera inaugurada a "Galeria Artes do Mundo", em parceria com a artista plástica, poeta e diretora cultural dos Grupos ARTFORUM BRASIL UNIFUTURO, uma organização da qual sou representante oficial no Rio de Janeiro, desde 2004, quando foi inaugurado o I SENSIBILIZARTE, em outubro de 2004, na cidade de Angra dos Reis e por esse projeto social fui convidada a ser representante do ARTFORUM.

Nesse espaço divulgarei a memória desse importante projeto cultural.


Rio de Janeiro, 12 de abril de 2010
Ardentes Pedaços de Mim, Jaqueline Winter

Poemas do livro "Ardente Pedaço de Mim", de Jaqueline Winter, 2002


Nessa página alguns dos meus poemas do meu primeiro livro "Ardente Pedaço de Mim". Em breve sera lançado o meu segundo livro, "Ardentes Pedaços de Mim", cujo título batiza este blog.



Rio, 12 de abril de 2010

Jaqueline Winter
jaquewinter@hotmail.com

domingo, 11 de abril de 2010

Canal de Música e Vídeos de Jaqueline

Eterna minha amada Elis...











Mar e Lua

Chico Buarque

Composição: Chico Buarque

Amaram o amor urgente

As bocas salgadas pela maresia

As costas lanhadas pela tempestade

Naquela cidade

Distante do mar

Amaram o amor serenado

Das noturnas praias

Levantavam as saias

E se enluaravam de felicidade

Naquela cidade

Que não tem luar

Amavam o amor proibido

Pois hoje é sabido

Todo mundo conta

Que uma andava tonta

Grávida de lua

E outra andava nua

Ávida de mar

E foram ficando marcadas

Ouvindo risadas, sentindo arrepio

Olhando pro rio tão cheio de lua

E que continua

Correndo pro mar

E foram correnteza abaixo

Rolando no leito

Engolindo água

Rolando com as algas

Arrastando folhas

Carregando flores

E a se desmanchar

E foram virando peixes

Virando conchas

Virando seixos

Virando areia

Prateada areia

Com lua cheia

E à beira-mar.






sexta-feira, 9 de abril de 2010

Currículo Profissional de Jaqueline Winter

JAQUELINE WINTER
Atriz, Poeta, Autora Teatral, Arte Educadora, Circense
e Iluminadora de arte.



IDENTIFICAÇÃO:
Nome: Jaqueline Winter
Celular (21) 7892-8182 ID: 8*31390
E-mail: jaquewinter@hotmail.com


DOCUMENTAÇÃO:
Reg. Profissional: 21660 (SATED - RJ)


FORMAÇÃO ESCOLAR:
• 3º Grau - Licenciatura Plena em Arte Educação – Artes Cênicas - UNI-RIO
• 3º Grau - Bacharelado em Artes Cênicas - Interpretação Teatral - UNI-RIO


TEATRO - ESPETÁCULOS:
 “Aconteceu comigo” – de Jaqueline Winter –
Direção: Bemvindo Sequeira. RJ


 “Ardentes pedaços de mim” – de Jaqueline Winter – Direção: Rogério Fróes. RJ


 “Che Guevara” – de Lula Dias. RJ

 “Quem quiser... Que conte outra!” – Direção de Nadege Jardim. RJ

 “A comédia dos erros” – de William Shakespeare – Direção de Nadege Jardim. RJ


 “Os Ossos do Barão” - de Jorge Andrade - Direção de Flávio Henrique e Rubens Lima Júnior. RJ


 “As Confrarias” - de Jorge Andrade - Direção de Djalma Thurler e Antonio Mercado. RJ

 “Às Margens de Dublin” - de William Butler Yeats - Direção de Martha Ribeiro. RJ


 “Bodas de Sangue” - de Garcia Lorca - Direção de Frederico Bustamante
e Renato Icaray. RJ



 “A Mente Capta” - de Mauro Rasi - Direção de Márcia Beatriz e João Bittencourt. RJ


 Tarilú Studyo Academia de Dança Afro. B.H.


 “Os Confidentes de Vila Rica” - Teatro de Ouro Preto.


 “O Patinho Feio” - Teatro do MAI. RJ


 “A Gorda e o Magro no Rapto das Cebolinhas” - Teatro do MAI. B.H.


 “O Rio” - de João Cabral de Melo Neto - Teatro do ICBEU. B.H.


 “Aqui não tem doido não!!!” - Criação Coletiva - Teatro ICBEU. B.H.


PUBLICIDADE - COMERCIAL:
• No ano de 1979 a 1981 - Belo Horizonte.


TELEVISÃO:
• 2008 - “Por toda a minha vida” - Chacrinha. TV Globo.


• 1999 - “Chiquinha Gonzaga” - TV Globo Rio de Janeiro.


• 1997 - Programa Caça Talentos da Apresentadora Angélica - TV Globo,
Rio de Janeiro.



• 1986 - “O Mágico de Oz” - TV Bandeirantes - Belo Horizonte.


• 1983 - Programa Dulce Maria - TV Alterosa - Belo Horizonte.


PÓS GRADUAÇÃO:
• Formanda no curso de Pós Graduação da Escola e Faculdade Angel Vianna em: “Formação de Preparador Corporal nas Artes Cênicas”. RJ 2010.


NA ÁREA SÓCIO EDUCACIONAL:
• Atualmente ministra cursos regulares e oficinas de Teatro e Circo para portadores de necessidades especiais (Deficientes Visuais - crianças e adultos).


Idealizadora do projeto:
* Sensibilizarte – Salão Nacional de Artes. Para alunos da Educação Infantil
ao 2 º grau, que esse ano já esta na VII edição.



• Ministra cursos livres e regulares de Teatro para crianças, jovens e 3ª idade.


EXPERIÊNCIAS PROFISSIONAIS NA ÁREA CIRCENSE:
• Entrega do Prêmio Ministério da Cultura Troféu Mambembe 1996 Teatro SESI -
Rio de Janeiro - dia 18 de Março de 1997 (como engolidora de fogo e palhaço).



• Atualmente como engolidora de fogo (pirofagista) realiza apresentações por vários estados do país.


• Experiência com animações, desfiles, eventos, recreações, shows etc.


• Formada pela Escola Nacional de Circo - Rio de Janeiro - atuando em habilidades diversas.


EXPERIÊNCIAS PROFISSIONAIS


NA ÁREA DA LITERATURA:
• Membro da Academia Angrense de Letras e Artes.

• Lançou em 08/05/2002 seu livro de poesias: “ARDENTES PEDAÇOS DE MIM”.
No Teatro do Museu da República.


COMO DIRETORA TEATRAL:
• Autora e assistente de direção na peça: “Aconteceu comigo” – Direção: Bemvindo Sequeira. RJ


• Diretora: “O Judas em sábado de aleluia” – De Martins Pena Adaptação
de Lula Dias. RJ



• Assistente de direção na peça: “Ardentes pedaços de mim” – de Jaqueline Winter – Direção: Rogério Fróes. RJ


• Direção e produção do lançamento do livro “Ardentes pedaços de mim”
– De Jaqueline Winter. RJ


NA ÁREA DE ILUMINAÇÃO TEATRAL:
• Peça: “Dirigir-se aos homens” – Textos de Maxim Gorki, Fiodor Sologub
e Anton Tchekhov.
Direção: Daniel Dias. RJ


• Curso de “Iluminação para arte” ministrado por Rogério Emerson. RJ

NA ÁREA DE ARTE EDUCAÇÃO (ARTES CÊNICAS):
• Prefeitura Municipal de Angra dos Reis, exerceu o cargo de Coordenadora
de Arte Educação por 04 anos.



• Prefeitura Municipal de Angra dos Reis, cargo de professora MG 2 (Artes).


• CIEP 173 - Rainha Nzinga de Angola, cargo de professora I.


• Estágio nas Escolas: Minas Gerais e São Patrício.


OUTROS CURSOS:
• Curso de “Roteiro para TV”. Ministrado por Paula Amaral/ CAL – RJ.


• “Transtornos globais do desenvolvimento”. Ministrado pelo Dr. Rubens Wajnsztejn – Angra dos Reis.


• Oficina: “Interpretação para Cinema” - 10ª mostra de cinema de Tiradentes – MG.
Ministrado por Sérgio Penna/SP.



• Oficina: “Assistência de Direção e Continuidade” – 9ª mostra de cinema
de Tiradentes – MG.
Ministrado por Eduardo Aguilar/SP.



• Oficina “Da idéia ao roteiro” – 7ª mostra de cinema de Tiradentes – MG.
Ministrado pelo prof. Antônio Carlos da Fontoura.



• Estágio de formação de formadores – “O presente do jogo” – Rio de Janeiro.
Ministrado pelo Prof. Dr. Jean-Pierre Ryngaert.



• Curso de Capacitação de Multiplicadores da Metodologia “A natureza da paisagem – energia”, do PROCEL NAS ESCOLAS.


• Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico e Turismo do Rio
de Janeiro. Estagiária na área de eventos, como Coordenadora do Núcleo
de Turismo Cultural.



• Curso SEBRAE: “Como Captar Recursos para Projetos Culturais” – Rio de Janeiro _ Ministrado por Mário Margutti e Fernando Portela.


• Curso SEBRAE: “Como Planejar e Comercializar Eventos” - Rio de Janeiro – Ministrado por Denise Machado.

• Curso de Interpretação e Câmera - Rio de Janeiro - Ministrado por Walter Lima Júnior no Vídeo Fundição.

• Esgrima com Gaspar Filho - Teatro Tablado - Rio de Janeiro.

• Reiki - Nível II - Belo Horizonte - Ministrado por Regina Kinzer.

• Oficina “A Commédia dell’Arte e o Teatro de Formas e Bonecos” -
Ministrado por Fátima Queiroz - Rio de Janeiro.


• Escola Tradicional de Reiki Mikao Usui - Nível I - Belo Horizonte.

• Oficina de Máscaras com o Grupo Moitará - Rio de Janeiro.

• Curso de Cristais e Pedras Preciosas - Ministrado por Celso Fortes -
Belo Horizonte.


• Curso de Chakras - Ministrado por Cristina Winter - Belo Horizonte.

• Curso de Fotografia pelo Studio Image - Belo Horizonte.

• Curso Intensivo de Dança Afro-Brasileira - Ministrado pela professora Marlene Silva - Belo Horizonte.

• Curso de Secretariado Executivo, concluído no Diretriz - Belo Horizonte.

• Curso de Fotografar e Revelar pelas Escolas Associadas - Ministrado
por Paulo Roberto Diniz Naso.


• Curso de Do-In e Bases da Medicina Chinesa - Belo Horizonte - Ministrado por Juracy Cançado.

• Instituto Ildim de Desenvolvimento Intelectual - Belo Horizonte.


Brasil, 9 de abril de 2010

Jaqueline Winter
jaquewinter@hotmail.com
http://jaquelinewinter.blogspot.com

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Caleidoscópio de cristal; Minas, meu príncipe; Rio, de janeiro a dezembro e Abreviei....


Caleidoscópio de cristal
(caracteres in Vi)

Tcs... rs záz Vi in lilás... mandálicos
gargalhadas, humor, afinidades e arrepios.
E tcs... fts? sim. Sim? Claro! Tudo gira...
Hum. Tel? anota ae. Alô...
E... nosso encontro:
suor, tremor, muitas gargalhadas e sua beleza.
Alô. Podemos nos ver de novo amanhã? Hum?!
30/03... tanto faz, de trás pra frente dá no mesmo rs.
Sensível, triste, forte, delicado, encantador,
visivelmente divino, poético e desejável. Hum...
Um caleidoscópio mágico, mandálico como a lua.
Mar e Lua. Nós, e eu desvairada, mas atenta...
eu fazendo a loka ou não, vem... me atenta...
nosso suor e sal na dança poética, vibrando na vida.
O biodegradante não faz mal, mas pode alucinar.
E juntos comeremos um quilo de sal, numa taça... de cristal.


Minas, meu príncipe

Minas tem mil encantos, como meu príncipe,
Minas tem meu manto, meu pranto, teu leito.
Meu repouso, meu recanto.
Minas tem olhares "mis", te acolhe de modo tão especial,
assim como meu príncipe, não há igual.
É "inigual" essa Gerais,
que dá frutos, folhas, brisa, amor,
desperta as esperanças de que
o amanhã será mais lindo do que o hoje,
e de que assim como meu príncipe de mil encantos,
o hoje é mais bonito do que o ontem.
E o ontem que hoje já é passado
se torna tão presente por sua pureza e verdade.
Aonde Minas vai parar...Sei lá.
Meu príncipe vai até onde ele quiser chegar.
Podendo navegar por todos os rios e afluentes
até se encontrar com o mar.
E no mar estarei lá para junto comemorar a chegada
de Minas e meu príncipe e a felicidade comemorar.

Jaqueline Winter,
in Ardentes Pedaços de Mim



RIO, DE JANEIRO A DEZEMBRO

Rio de janeiro, cidade lasciva,
envolvente, penetrante
que embriaga a gente
e faz com que não se tenha nunca vontade de te largar.
Por mais arrogante que seja seu calor,
damos um jeito de suportar.
Por mais difícil que possa parecer tudo,
aguentamos e te amamos.
Rio, você envaidece, engrandece, deslumbra, desbunda,
“humilha”, pois lugar igual é difícil de encontrar.
Em cada esquina, existe um encanto pra mostrar:
Suaves paineiras, lugar de lindo visual,
gente bonita, saudável.
E existe algo que só o rio tem:
Meu amor.
O que torna ainda essa cidade com brilho infinito.
É tão simples saber onde passa meu amor,
te darei uma dica:
Onde as estrelas brilham com mais vida,
onde o mar está mais sereno,
onde o coração pode chegar, onde o sol dá mais calor.
É lá, é lá que meu amor está.
Rio, te beijo e me rendo à sua magia.



Abreviei

Aprendi a viver feliz com a incerteza...
O que é certo, às vezes não o é;
O que é lógico, nem sempre é;
O que posso, nem sempre digo;
O que digo, às vezes posso.
O amor também ao contrário
pode ser um lugar,
como Roma
que é bela, exuberante e exêntrica.
O beijo é o gosto da língua,
a língua é o gosto do beijo.
Abreviei o que eu temia, o medo.
Abreviei o que eu não queria, a tristeza.
Certa da coragem e alegria
que a incerteza pode ser
bem mais certa que a própria certeza...


Jaqueline Winter,
in Ardentes Pedaços de Mim.


                                           imagem, internet.




Rio de Janeiro, 08 de abril, de 2010

Jaqueline Winter, In Pedaços Ardentes De Mim

jaquewinter@hotmail.com

http://www.youtube.com/user/JaqueWinterURL:

Defesa dos animais - Homenagem a Charlotte


Na foto, a charmosa Charlotte.
Não há nada mais luxuoso e generoso que a natureza. JW
Charlotte é um ser importante como companheira, amiga e protetora. Ela representará aqui uma personagem que trará mensagens e links sobre os movimentos e leis de proteção aos animais. Ela estará em diversas fotos, links e em quadrinhos.

...E na festa de dois anos

                      Parabéns Chortinha...


                         Jaque e Charlotte, na festa de aniversário.


                         Doçura e fidelidade...
De conchinha

Dormindo e sonhando...


      Jaque e Charlotte num só abraço, na estrada das Gerais...

..........................................
Aniversário Charlotte
25/02/2010
Visualizar álbum
Reproduzir apresentação de slides
Se tiver problemas para visualizar este e-mail,
copie e cole o link abaixo em seu navegador:

http://picasaweb.google.com.br/lh/sredir?uname=beringela2008&target=ALBUM&id=5455664756077857905&authkey=Gv1sRgCNrC_uef5cK6Gw&feat=email 

Rio, 08 de abril de 2010
Jaqueline Winter
jaquewinter@hotmail.com

Inauguração do espaço Jaqueline Winter * Ardentes Pedaços de Mim

Jaqueline Winter, 
In "Ardentes Pedaços de Mim".


Só você



Da primeira vez que escutei você cantar... Amei
pois você tocou minha alma.
Quando a vi pela primeira vez

tive a certeza que amaria você sempre.
Sua partida deixou em mim um hiato.
E com esse hiato a certeza de que
você foi...
voce é...
voce será...
sempre Elis.
Minha amada Elis.

 

      Aprendi a viver feliz com a incerteza....
                                             

Rio de Janeiro, 8 de abril de 2010


Jaqueline Winter
Atriz, Poeta, Autora Teatral, Arte Educadora, Circense
Iluminadora para Teatros e Exposições.




Telefax: (21) 2417-3614
Celular (21) 7892-8182 ID: 8*31390
E-mail: jaquewinter@hotmail.com